LUANA MARCHES - (21) 9-9886-6813
  • Avatar do usuário
    Duelista
    Forista ✰✰
    Forista ✰✰
    Estatísticas
    Registrado: 19/08/2022
    Última Visita: 20/07/2024
    Mensagens: 56
    Reputação: 0 Ranking:
    Curtidas: 523 Comentários: 32
    TDs
    Total
    46 0 0 46
    Meus TDs Meus Posts
    Me chame no Chat

    por Duelista » 01/07/2024

    Você precisa estar logado para poder ver este conteúdo
    Ocorrido sexta-feira às 14h JOIA DE COPA Famosa entre o público, cujo fascínio desperta a curio...
    Você precisa estar logado para poder ver o resto deste conteúdo
    Ocorrido sexta-feira às 14h

    JOIA DE COPA

    Famosa entre o público, cujo fascínio desperta a curiosidade e o desejo de muitos em visitá-la. A descrição acima que usam para falar sobre Copacabana se aplica perfeitamente ao mulherão Luana, cujos encantos eu finalmente pude conhecer nessa ensolarada tarde de sexta-feira. Lembro que o primeiro conteúdo que visualizei dela foi através desse ménage natalino, mas sem dúvida foi no dia que a vi ao vivo pela primeira vez em uma festa junto da Iza Paulista que surgiu o meu interesse nela, e confesso que o seu olhar penetrante e o ar de femme-fatale me intimidaram não só naquela ocasião como em outras vezes onde nos cruzamos nos meses seguintes. Havia criado inicialmente a imagem de que se tratava de uma garota metida, percepção que logo se desfez com o passar do tempo conforme eu recebia informações sobre a sua persona e depois quando comecei a interagir com a gata. Contudo, os relatos de suas proezas sexuais e do seu fogo interminável me demoveram da intenção de cruzar os nossos Cards por achar que não seria capaz de dar conta daquela gladiadora sexual, mesmo tendo vivido as ardentes férias de verão em 2023.

    No rol de lutadoras a encarar, via o duelo futuro com a Deusa Marches como A Disputa de Cinturão Mundial, o meu desafio máximo no X1, e na tal lista que compartilhei em uma resenha entre foristas das 5 GPs a conhecer até o fim do ano passado eu pus o seu nome visando esse gran-finale em dezembro à medida que as minhas habilidades cresciam e eu me sentia mais confiante para o embate vindouro. Contudo, imprevistos da vida, restrições de caixa, oscilações na qualidade do meu jogo e algumas musas que surgiram no caminho, incluindo suas amigas, fizeram o evento ser adiado por alguns meses até eu receber na semana anterior o comunicado oficial de sua retirada, antecipando a convocação que eu pretendia realizar em julho para essa sexta. Preparei a folga do trabalho para essa data e fiz o pré-jogo que hoje mais tem me dado resultado para chegar 100% ao combate, aquele treino pesado de pernas aliado ao drink de beterraba com maca peruana e pimenta caiena, coisas que favorecem a circulação nas partes baixas e dão energia de sobra para o fight, e no horário marcado recebi o sinal para ir ao seu encontro. Por um momento Luana chegou a pensar que eu havia desistido por eu demorar alguns minutos para ver a mensagem, mas foi apenas o sinal do telefone querendo pregar uma peça na gente. Como havia lhe dito antes, só um louco para lhe dar um bolo, e como ela afirmou de volta, ambos tinham orgasmos pendentes.

    Cheguei ao abatedouro da dama e a abertura dos portões revelou a Deusa dos olhos de mel e curvas fabulosas num curto vestido branco vazado nas partes mais interessantes da obra-prima escultural que é o seu corpo, e após a recepção com um sorriso e um beijo protocolar me encaminhei ao banho de lei, ainda mais necessário nesse caso devido ao meu corpo suado da caminhada que fiz pela orla até o seu ginásio. E quando voltei ao quarto, vi diante de mim a vista que encantou multidões ao longo dos últimos anos: os contornos de Luana de bruços com destaque à exuberância de sua bunda virada pro alto. Parei na porta por alguns segundos para admirar essa personificação de beleza até realizar as primeiras investidas no mulherão Marches levantando o seu vestido e dando beijos e leves mordidas no derrière junto de linguadas no cu para então conhecer a famosa e aclamada boca da gostosa numa saraivada de Beijões devoradores no claro desejo de saciarmos a vontade que um estava do outro.

    Deitados comigo por cima, seguimos nessa atracação feroz de línguas por vários minutos, com breves pausas para a minha toalha ser removida por ela para que pudesse sentir o garotão enquanto a gente sarrava os nossos corpos e os melões da gostosa serem postos para jogo por mim ao abaixar as alças do seu vestido para que fossem devidamente mamados, até a beldade decidir realizar um dos seus esportes favoritos, a chupada olímpica. Após o 180°, a delícia engoliu a minha boca e depois brincou com os mamilos até chegar ao sinucão, começando pelo saco guardando cada uma das bolas dentro de sua boca para então atacar o taco com a voracidade de quem adora e domina esse jogo. Ora na base, ora na ponta, Luana percorria a pica com a língua e os lábios até que num instante ela parou e ergueu o seu corpo para prender os cabelos, fazendo duas emoções virem à minha mente: excitação, com o visual daquele anjo do pecado em todo o seu esplendor, e um leve arrepio com o implícito recado dado naquele gesto: "Prepare-se, que é agora que eu acabo contigo!"

    Imagem

    De volta ao boquete, os golpes da Deusa Marches ficaram bem mais potentes com os seus lábios de veludo no chup-chup bastante babado com pressão firme e o olhar predador em minha direção, com a expressão alegre de quem sabia que estava no comando da situação. Por um bocado de tempo, Luana brincou como quis com o meu pau e após saciar o seu desejo de me chupar, subiu pelo meu corpo em direção à minha boca no encaixe perfeito dos lábios até afirmar que iria me cavalgar. Com a capa posta, senti de imediato como essa diaba é quente quando a pica entrou em sua buceta ardente e também bastante safada por iniciar a sentada fazendo o vai e vem na cabecinha do garotão, testando a resistência do seu convidado. Alternou os movimentos de quicada até o talo com sarradas vigorosas do seu quadril junto dos Beijões e uma espécie de mata-leão, com os seus braços em volta do meu pescoço me prendendo naquele ataque brutal, cuja única saída era resistir bravamente aquilo tudo. Felizmente eu estava num dia bom e pude seguir ao ato seguinte do duelo sob o comando da gostosa para fuder a sua xota com ela D4.

    Posicionada no quatro apoios, Luana rebolou bastante na vara enquanto socava firme agarrando o seu corpo com as mãos nos peitões e puxando o seu cabelo. Além da madeirada em si, a beldade ama uns tapas bem dados na sua raba, sem aquela força exagerada que pode machucá-la, porém, longe de ser a palmadinha fofa que só faz barulho, com o truque sendo a aplicação progressiva dos jabs até achar a dose certa do tesão. Um suspiro a cada massageada rústica no derrière atiçava ainda mais a fera dentro dela e a ordem da vez foi para comê-la indo por cima, prontamente executado com o garotão mergulhando fácil nas ondas lascivas entre as pernas de miss Marches e as línguas indo fundo nas bocas de ambos. Fora os xingamentos e o eye-contact, por diversas vezes Luana deu leves tapas na minha cara e penso se foram os espasmos de prazer ou algum sentimento de pena que a inibiram de encher a mão no meu rosto ou de me arranhar todo como li em alguns relatórios de batalha, mas o ímpeto de leoa devoradora seguia presente com ordens de seguir metendo cada vez que eu pausava ou diminuía o meu ritmo. Minha disposição continuava em ponto de bala, era o controle do impulso da gozada que tava chegando ao fim, e para obter o respiro e recuperar esse domínio pedi para que a tarada cavalgasse novamente.

    A segunda montaria de Lu foi um replay da primeira viagem, Beijões e sentadas vigorosas com algumas reboladas na piroca. Porém, a sequência dessa viagem luxuriosa trouxe ao final dela a melodia de poucas notas vinda de sua boca que encanta até o mais bruto dos homens, o pedido tácito camuflado em uma pergunta de resposta óbvia: "come meu cu!" Trocamos um Beijão enquanto ela preparava o anel para a entrada do milhão e D4 rebolou bastante para se acostumar com a pica no rabo comigo alisando todo o seu corpo junto dos beijos em suas costas até o sinal verde para as estocadas. Enquanto eu arrombava a sua porta dos fundos, estimulava o seu clitóris com uma mão e puxava o seu cabelo com a outra, quando então a cachorra me pediu para pegar o vibrador em formato de rosa para se masturbar comigo fudendo o seu cu. Pouco tempo depois, a srta. Marches chegou ao orgasmo, uma cena linda de ser ver.

    Imagem

    A moleza provocada pelo clímax a fez deitar na cama e aproveitei o embalo para me posicionar sobre ela para enrabá-la de bruços. Os sinais dados pelo seu corpo foram a senha para iniciar a brocada na rosca e entre um e outro beijo fizemos uma rápida conferência sobre onde a devassa receberia o meu leite. Afirmo sem nenhuma dúvida que devorar o cu da Luana foi uma das melhores experiências que tive esse ano, especialmente nessa posição, e depois de um bocado de tempo cravando a piroca até o talo naquele espetáculo de rabo, nos levantamos para o gran-finale. Antes de ajoelhar, miss Marches retirou o seu vestido exibindo toda a sua formosura, e na ordenhada chupou a cabeça do garotão junto da punhetada para extrair o meu leite, deixando parte escorrer pelo seu corpo e outra parte guardada na sua boca... que safada!

    Ambos tomamos aquela ducha regenerativa pós-duelo, comigo espiando a delícia se banhando, e como fui o último cliente dela no dia devido ao compromisso externo da dama, trocamos uma ideia sobre diversos assuntos enquanto a gente se arrumava e pude acompanhá-la até a saída quando cada um partiu rumo ao seu destino. Além da inteligência e de sua jovialidade, destaco aqui o quão amigável a garota é, qualidade que muitos que não a conheceram ou só a viram de longe podem achar que ela não tem. O olhar que petrifica e o estilo femme-fatale que Luana exibe em todas as suas aparições públicas e que pode ser confundido com marra por um desavisado reflete apenas o mulherão por trás do personagem que sabe o que quer e qual é o seu valor, algo fascinante que assusta muitos caras. Penso se esse foi o principal motivo dela não ter explodido de relatos ao longo dos anos, pois como já observamos por aqui, quando o pião tem um desejo visceral pela garota dificilmente o cachê irá pará-lo. Só o Cosmos dirá se a Deusa voltará após a retirada ou por quanto tempo mais ficará conosco se rolar o retorno, mas sou daqueles que acreditam em evitar deixar para amanhã aquilo que pode ser feito agora. Para você que leu até aqui e ainda tem chance de conhecer os encantos da beldade, digo: faça o que precisa ser feito e vá o quanto antes ao seu encontro!

    Uma dádiva celestial de beleza colossal e sucesso universal. Assim foi, é e será, Luana Marches.

    Imagem
    "Prefira viver dez anos a mil do que mil anos a dez"
  • Avatar do usuário
    Samael
    Iniciante ✰
    Iniciante ✰
    Estatísticas
    Registrado: 09/07/2022
    Última Visita: 15/09/2023
    Mensagens: 10
    Reputação: 0 Ranking:
    Curtidas: 131 Comentários: 3
    TDs
    Total
    7 0 0 7
    Meus TDs Meus Posts
    Me chame no Chat

    por Samael » 09/07/2024

    TD de algumas semanas atrás. Na última visita ao RJ resolvi me aventurar e ir conhecer essa deusa...
    Você precisa estar logado para poder ver o resto deste conteúdo
    TD de algumas semanas atrás.

    Na última visita ao RJ resolvi me aventurar e ir conhecer essa deusa já decantada em prosa e verso por aqui.

    Realmente, ela faz jus a tudo oq li sobre ela aqui: linda, cheirosa, fogosa. Um mulherão pra vc se acabar. Bem, eu me acabei, mas duvido mt q eu tenha acabado com ela, pq a mulher não parava por nada hahahahaah

    O encontro foi ótimo e a Luana, além de ser um foda acima de qualquer suspeita, ainda me pareceu ser uma pessoa super gente fina e com ótimo papo. Pretendo retornar nela qndo voltar ao RJ

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 17 visitantes

Ir para