X
X

Bem-vindo: 20 Nov 2017, 03:44

STEPHANIE AMARAL - 9-8731-6283

STEPHANIE AMARAL - 9-8731-6283

Mensagem não lidapor SodomizadorCarioca » 13 Jun 2016, 00:45

Nome: Stephanie Amaral

TD : Positivo

OralAnal(taxa R$)BeijaValor(R$)Tempo
NaoNaoNaoR$2500,005

Link1: http://rioencontro.com.br/Stephanie-Amaral
Link2: https://www.forumx.com.br/viewtopic.php?f=131&t=15147&start=70

Olá Amigos ....


Como jogo do Brasil está ... um jogo do Brasil.

Vamos ao TD deste momento mágico que busco em minha memória com todo o carinho pela excepcional profissional e para o deleite de vocês ouvindo http://www.xvideos.com/video21821941/to ... cks_sz1027.


Dias desses, fiz um comentário, uma sugestão, uma ideia ...

Despretensioso ...

Só uma singela ideia pervertida de um tarado ... postada na Linha Direta de uma mocinha.

No dia seguinte a menina me manda uma MP aqui no Fórum X: ME LIGA!!! AMEI A IDEIA ...

Contato feito, era a Stephanie, Stephanie Amaral ...: “preciso saber se sou capaz de aguentar, faço um preço diferenciado. Só você para pensar nisso, só você pode resolver, agora que atiçou a fera e essa vara não é curta, resolve meu problema, vou fuder essa semana pensando nisso. É uma ordem”.

Putz!!!

Como fazer isso?! Quem chamar?!

Bem ... liguei pro meu parceiro, Jorginho (do Casal que fudeu comigo a Mirella) e perguntei se ele ainda estava com a Sara e o que ele achava? A menina curtia e gosta das magrinhas, como Stephanie Amaral. Umas duas horas depois veio o OK, mas Sarinha queria outro presente pra usar com Stephanie e ela tinha uma amiga que poderia, talvez participar.

No fim do dia tínhamos dois caras (eu e Jorge) e duas meninas (Sara e Marta) que usariam o consolo que Sara ganhou pra fuder Mirella (http://produto.mercadolivre.com.br/MLB- ... x-shop-_JM) e ficaria para a Marta, além do novo dela Sara (http://www.lojashoppingsexy.com.br/peni ... 5,8cm-p332) que comprei especialmente para saber se Sthepanie aguentaria e sabia que Sara, saberia usar, lhe passei o perfil da vagabunda.

Com medo de que a quantidade de pessoas fosse um impeditivo para o motel ou acabasse onerando em demasia, agendamos tudo para a casa da Marta. Seu marido, milico, tinha horário certo e determinado. Bem ... liguei pra Stepanie e acertamos os detalhes.

Marquei de encontrar Jorge e Sara e de lá irmos. Sarinha uma simpatia, tava louca pra ser macho de novo! Fomos no caminho conversando, descobri que Marta era ninfomaníaca, do tipo que dava pro porteiro, pro vigia, pra qualquer um e que seu marido matinha o casamento por conta de aspectos financeiros.

Chegamos ao apartamento, um amplo 3 quartos, da Marta umas duas horas antes do combinado com Stephanie, até para que nos conhecermos melhor, rolar aquela intimidade e uma pré-putaria, mas, além dela me deparei com um traveco que mas parecia um homem com cabelo cumprido!!! Mas como assim? Não estava no script.

Fomos apresentados. Marcele era confidente de Marta e queria conhecer há tempos Sara e Jorge e que, sabendo que iria ter um caralhudo queria participar. Bem ... eu já comi muito viado nessa vida porque nem todas as mulheres me aceitam no anal mas, Marcele era quase um homem e não aquelas bonecas que já comi, femininas, rabudas ... de voz rouca (rs).

Ponderei que a menina não tinha fechado valor para uma quinta pessoa e ela poderia se negar mas, que era melhor negociar na hora. Bem ... papo vai, papo vem ... passaram-se lá uma hora e meia quando Stephanie mandou um zapzap dizendo que estava chegando. Pedi pra ela nos encontrar no PUC o prédio para conversarmos sobre o que ela veria lá em cima e como ficariam as coisas.

Lá veio ela, bela, faceira e da vida ... desci com a Marta que já me agarrou no elevador, beijando, apertando a rola e masturbando pela calça até a porta abrir. Stephanie chegou logo em seguida e informada do fato, cobrou um extra(zinho) apenas para dizer que cobrava porque sempre sonhou em fuder um traveco.

Ao chegarmos no apartamento me depare com Jorge sendo mamado pela traveca e Sara, sob a alegação de que não deu mais pra esperar. Delicia diz Stephanie da porta e já vai em direção a traveca ... ela quase estupra a bicha (rs)!!!

Beijos, mãos, lambidas ... Jorge fode a boca de Sara e eu me deparo com Marta engolindo meu saco.

Um cheiro de sexo sob no ambiente.

Puxo Marta e falo ao seu ouvido, vai lá se divertir com as meninas ... ela prontamente responde, ataca Sara, faço sinal para Jorge se afastar ... o chão da sala é delas, Sara, Stephanie e Marcele (a traveca tem cara e jeito de homem mas se porta como uma fêmea).

Sara já conhece Stephanie e Marta e orienta os trabalhos, enfiando a cara de Marta entre as pernas de Stephanie que esfrega o corpo e a buceta na cara da anfitriã enquanto beija Marcele que é acariciada por Sara que é masturbada por ela.

Jorge e eu observamos.

Elas se chupam, se esfregam, se lambem, se mordem ... Marta e Stephanie convergem em um só corpo tendo em Sara o apoio, ora cuspindo em suas bucetas, ensopando-as, ora cuspindo nos rabos e dedando-as, ora estapeando Stephanie que pede mais. É a senha ...

Vou a bolsa de Sara e retiro os consolos ... entrego a elas e digo que temos uma vagabunda no recinto que está ali para ser nosso objeto e prazer. Sara pega seu consolo, Marta o outro ... simplesmente não encontro mais Stephanie.

Ela é devorada!!! Marta a chupa como uma louca, fudendo sua buceta enquanto Sara sufoca sua boca, impedindo ela de gemer, apenas urrando, sufocada. Meu pau lateja e Marcele está a mamar Jorge. Me rendo! Dou-lhe de mamar ...

A bicha se sufoca, se humilha, fodo sua cara e faço sinal a Jorge para ir as garotas, ficaria ali, realizando o desejo da traveca e vendo aquela cena: Marta e Sara sodomizam Stephanie em uma DP absurda, aos cuspes ouço seu grunhindo segurando o que me parecia a dor em ser aberta, alargada, arrombada por aqueles caralhos de borracha grossa, grande, maciça ... ela olha para trás, vejo que está assustada ... Jorge enfia sua rola em sua boca.

Marcele crava suas unhas em mim ... estava sufocando ela. Stephanie apenas urra, solta grunhidos abafados pela rola de Jorge, abafados pelos xingamentos de Sara e Marta ... permeados pelos tapas, cada vez mais fortes de Sara em sua bunda.

Sou despertado por Marcele implorando em meu ouvido para fuder ela. Jogo ela de encontro ao braço do sofá, cuspo em seu cu ... impressionado vejo cada vez menos os consolos que arregaçam Stephanie, ao contrário, já começo a ouvir sua voz ao fundo com me fode, me fode .... inebriado jogo meu corpo e peso sobre Marcele ela grita, minha jeba percorre seu rabo rasgando entre ai, ai, meu Deus ...

Jorge fode Stephanie junto com Marta, insaciável, seu braço continua na mesma velocidade e força que no inicio ... o cu de Marcele é apertado como poucas travecas foram pra mim ... gozo com seu choro contido. Saiu de cima dela, deixo ela ali deitada, caída, meio acabada.

Meus olhos são de Stephanie!!! No que vejo Sara me chamando do corredor ... “cara, ela é foda!!! Não deu uns 10 minutos e esse troço entrou inteiro no cu dela”, me diz ela. Volto a olhar pra sala e Jorge tinha gozado, acredito eu porque seu pau estava mole, apesar de nenhum vestígio de porra.

Marta e Stephanie estão se beijando. Uns 15,20 minutos depois ... elas se levantam a vão para dentro do apartamento. Peço desculpas a Marcele se a machuquei, ela diz que tranquilo, apesar de homossexual há tempos, foi de poucos homens e sonhava desde menino em fuder com uma jeba assim. Do quarto ouvimos gemidos, Sara vai até lá ... 15 minutos depois, vem até mim e diz que Stephanie está no quarto à espera da fila e que Marta já está fudendo ela (acha até que apaixonou ... rs).

Vamos todo até a suíte de Marta e Stephanie está lá em frango assado sendo chupada com INTEIROS 21CM CRAVADOS em sua bunda ... entre gemidos, ela diz “quero todos, se preparem, ai ... caralho, me abre”. Sara se agacha para me chupar e Marcele à Jorge ... rolas duras, Sara passa a chupar Marcele, me masturbo com a calma do carrasco.

Marta fode, fode, soca o consolo que já entra facilmente em Stephanie ... ela atura até que Marta aos berros de vadia, vagabunda, desgraçada, eu não aguento mais (cansada de socar) tira o consolo da bunda de Stephanie ... um ponto vermelho, aberto é rapidamente preenchido por Marcele (uma piroca fina e longa, cumprida como uma cobra) que de ladinho e com toda a raiva com que foi fudida retribui Stephanie lhe estapeando a cara, cuspindo nela com o despudor de quem não queria lhe comer mas que precisava satisfazer a lasciva do corpo.

Marcele soca, soca, aos gemidos e gritos de Stephanie de me fode sua bicha, me fode viado!!! Marcele não resiste, não é borracha e goza sua aguinha de traveca, sendo substituída por Jorge quem nem consegue mudar a posição e que nem deveria contar ... Stephanie acaba com ele como um gigante que mastiga a fruta e cospe o caroço.

Aponto para Sara, ela sorri ... puxa Stephanie pelo cabelo, cuspindo em sua cara para lhe estapear com uma força de homem ... sou resto logo fica vermelho. Stephanie saliva, baba como quem goza pela boca ...

Sara a manda virar de quatro .... Stephanie arregaça a bunda, empinando-a.

Sara soca aquele mastro grosso, cabeçudo, grande, colossal em sua bunda por pelo menos 25 minutos em que todos assistem incrédulos!!! Do choro inicial entrelaçado com Meu Deus como arde, o passar de meio mastro de borracha é trocado por um quicar jogando a bunda para o alto fazendo com que apenas o saco de borracha fique aparente ... Sara mete, força como quem quisesse fazer ela pedir pra parar, soca, soca.

Stephanie urra, geme, chora, se masturba ... Jorge pisa em sua cara em que ela lambe seus dedos, seu dedão ... devassa.

Sara diminui a velocidade ... exprime em minha direção um olhar de espanto, um olhar de cansada, seus braços não aguentam mais o ir e vir. Marta se masturba, Marcele tem um olhar perdido como quem queria ser ela, Jorge acaricia Sara que dá a última estocada, largando o consolo dentro do rabo de Stephanie, morta de cansaço.

Resta eu ...

Stephanie cai sobre a cama o consolo pula para fora de sua bundinha. A D O R O A N A L D E B R U Ç O S. Pulo sobre Stephanie e mordo sua orelha para lhe dizer que ainda resta um!

Perco o controle ... não sinto seu cu, não sinto sua bunda, não sinto nada. Stephanie está dilacerada ... meu saco bate em sua bunda, pressiono suas costas com minhas mãos na altura do pulmão, forçando seu tórax de encontro a cama, ela solta grunhidos, respira com dificuldades pela pressão que exerço, soco, fodo, cuspindo sem para em sua cara, saliva, baba ... me canso de fazer força, me deito sobre ela ... “eu sou foda! eu sou foda! eu sou foda!” diz ela gemendo, não sinto nada, apenas percebo o molhado da camisinha ... gozei.

Todos estão ao redor de Stephanie ... olhares de respeito.

Mas ela é uma vagabunda, nasceu para ser vagabunda, vadia ... e gosta e se reconhece como ela é ... alguns minutos se passam e aquela vontade de mijar vem. Puxo-a pelo cabelo até o banheiro, jogando-a no box. Da porta, digo aos outros, venham dar-lhe banho. Sem entender o motivo, principalmente Marta e Marcele, eles veem à porta e se deparam com meu mijar sobre Stephanie.

Os olhos de Marta brilham ... Marcele faz cara feia e volta. Todos afora ela, mijam sobre Stephanie que aos risos espalha sobre seu corpo, rosto ...

R$ 2.500,00 pagos 5 horas depois de sua chegada com outros mimos de presente ... Stephanie nos deixa, fazendo no ambiente um silêncio sepulcral e a certeza de que Sodoma e Gomorra são a origem de vidas passadas desse demônio do sexo, da luxuria, do prazer, da perversão personificados neste corpo jovem , pequeno, esguio.



6 COMENTÁRIOS

 
Registrado em: 10 Jan 2016, 12:11
Última Visita: 18 Nov 2017, 02:23
Preferência: Acompanhantes


 Mensagens: 24
 Comentários: 28
 Total Geral: 52
   
 TDs Total: 8
 TDs Positivo: 8
 TDs Neutro: 0
 TDs Negativo: 0
 Ranking Geral:  949
 Leia meus TDs

Reputação: 49

Curti: 0 Post

Curtidas Recebidas: 41 Posts


RE: STEPHANIE AMARAL - 9-8731-6283

Mensagem não lidapor SodomizadorCarioca » 15 Jun 2016, 22:42

Olá Amigos ....


Como jogo do Brasil está ... um jogo do Brasil.

Vamos ao TD deste momento mágico que busco em minha memória com todo o carinho pela excepcional profissional e para o deleite de vocês ouvindo http://www.xvideos.com/video21821941/to ... cks_sz1027.


Dias desses, fiz um comentário, uma sugestão, uma ideia ...

Despretensioso ...

Só uma singela ideia pervertida de um tarado ... postada na Linha Direta de uma mocinha.

No dia seguinte a menina me manda uma MP aqui no Fórum X: ME LIGA!!! AMEI A IDEIA ...

Contato feito, era a Stephanie, Stephanie Amaral ...: “preciso saber se sou capaz de aguentar, faço um preço diferenciado. Só você para pensar nisso, só você pode resolver, agora que atiçou a fera e essa vara não é curta, resolve meu problema, vou fuder essa semana pensando nisso. É uma ordem”.

Putz!!!

Como fazer isso?! Quem chamar?!

Bem ... liguei pro meu parceiro, Jorginho (do Casal que fudeu comigo a Mirella) e perguntei se ele ainda estava com a Sara e o que ele achava? A menina curtia e gosta das magrinhas, como Stephanie Amaral. Umas duas horas depois veio o OK, mas Sarinha queria outro presente pra usar com Stephanie e ela tinha uma amiga que poderia, talvez participar.

No fim do dia tínhamos dois caras (eu e Jorge) e duas meninas (Sara e Marta) que usariam o consolo que Sara ganhou pra fuder Mirella (http://produto.mercadolivre.com.br/MLB- ... x-shop-_JM) e ficaria para a Marta, além do novo dela Sara (http://www.lojashoppingsexy.com.br/peni ... 5,8cm-p332) que comprei especialmente para saber se Sthepanie aguentaria e sabia que Sara, saberia usar, lhe passei o perfil da vagabunda.

Com medo de que a quantidade de pessoas fosse um impeditivo para o motel ou acabasse onerando em demasia, agendamos tudo para a casa da Marta. Seu marido, milico, tinha horário certo e determinado. Bem ... liguei pra Stepanie e acertamos os detalhes.

Marquei de encontrar Jorge e Sara e de lá irmos. Sarinha uma simpatia, tava louca pra ser macho de novo! Fomos no caminho conversando, descobri que Marta era ninfomaníaca, do tipo que dava pro porteiro, pro vigia, pra qualquer um e que seu marido matinha o casamento por conta de aspectos financeiros.

Chegamos ao apartamento, um amplo 3 quartos, da Marta umas duas horas antes do combinado com Stephanie, até para que nos conhecermos melhor, rolar aquela intimidade e uma pré-putaria, mas, além dela me deparei com um traveco que mas parecia um homem com cabelo cumprido!!! Mas como assim? Não estava no script.

Fomos apresentados. Marcele era confidente de Marta e queria conhecer há tempos Sara e Jorge e que, sabendo que iria ter um caralhudo queria participar. Bem ... eu já comi muito viado nessa vida porque nem todas as mulheres me aceitam no anal mas, Marcele era quase um homem e não aquelas bonecas que já comi, femininas, rabudas ... de voz rouca (rs).

Ponderei que a menina não tinha fechado valor para uma quinta pessoa e ela poderia se negar mas, que era melhor negociar na hora. Bem ... papo vai, papo vem ... passaram-se lá uma hora e meia quando Stephanie mandou um zapzap dizendo que estava chegando. Pedi pra ela nos encontrar no PUC o prédio para conversarmos sobre o que ela veria lá em cima e como ficariam as coisas.

Lá veio ela, bela, faceira e da vida ... desci com a Marta que já me agarrou no elevador, beijando, apertando a rola e masturbando pela calça até a porta abrir. Stephanie chegou logo em seguida e informada do fato, cobrou um extra(zinho) apenas para dizer que cobrava porque sempre sonhou em fuder um traveco.

Ao chegarmos no apartamento me depare com Jorge sendo mamado pela traveca e Sara, sob a alegação de que não deu mais pra esperar. Delicia diz Stephanie da porta e já vai em direção a traveca ... ela quase estupra a bicha (rs)!!!

Beijos, mãos, lambidas ... Jorge fode a boca de Sara e eu me deparo com Marta engolindo meu saco.

Um cheiro de sexo sob no ambiente.

Puxo Marta e falo ao seu ouvido, vai lá se divertir com as meninas ... ela prontamente responde, ataca Sara, faço sinal para Jorge se afastar ... o chão da sala é delas, Sara, Stephanie e Marcele (a traveca tem cara e jeito de homem mas se porta como uma fêmea).

Sara já conhece Stephanie e Marta e orienta os trabalhos, enfiando a cara de Marta entre as pernas de Stephanie que esfrega o corpo e a buceta na cara da anfitriã enquanto beija Marcele que é acariciada por Sara que é masturbada por ela.

Jorge e eu observamos.

Elas se chupam, se esfregam, se lambem, se mordem ... Marta e Stephanie convergem em um só corpo tendo em Sara o apoio, ora cuspindo em suas bucetas, ensopando-as, ora cuspindo nos rabos e dedando-as, ora estapeando Stephanie que pede mais. É a senha ...

Vou a bolsa de Sara e retiro os consolos ... entrego a elas e digo que temos uma vagabunda no recinto que está ali para ser nosso objeto e prazer. Sara pega seu consolo, Marta o outro ... simplesmente não encontro mais Stephanie.

Ela é devorada!!! Marta a chupa como uma louca, fudendo sua buceta enquanto Sara sufoca sua boca, impedindo ela de gemer, apenas urrando, sufocada. Meu pau lateja e Marcele está a mamar Jorge. Me rendo! Dou-lhe de mamar ...

A bicha se sufoca, se humilha, fodo sua cara e faço sinal a Jorge para ir as garotas, ficaria ali, realizando o desejo da traveca e vendo aquela cena: Marta e Sara sodomizam Stephanie em uma DP absurda, aos cuspes ouço seu grunhindo segurando o que me parecia a dor em ser aberta, alargada, arrombada por aqueles caralhos de borracha grossa, grande, maciça ... ela olha para trás, vejo que está assustada ... Jorge enfia sua rola em sua boca.

Marcele crava suas unhas em mim ... estava sufocando ela. Stephanie apenas urra, solta grunhidos abafados pela rola de Jorge, abafados pelos xingamentos de Sara e Marta ... permeados pelos tapas, cada vez mais fortes de Sara em sua bunda.

Sou despertado por Marcele implorando em meu ouvido para fuder ela. Jogo ela de encontro ao braço do sofá, cuspo em seu cu ... impressionado vejo cada vez menos os consolos que arregaçam Stephanie, ao contrário, já começo a ouvir sua voz ao fundo com me fode, me fode .... inebriado jogo meu corpo e peso sobre Marcele ela grita, minha jeba percorre seu rabo rasgando entre ai, ai, meu Deus ...

Jorge fode Stephanie junto com Marta, insaciável, seu braço continua na mesma velocidade e força que no inicio ... o cu de Marcele é apertado como poucas travecas foram pra mim ... gozo com seu choro contido. Saiu de cima dela, deixo ela ali deitada, caída, meio acabada.

Meus olhos são de Stephanie!!! No que vejo Sara me chamando do corredor ... “cara, ela é foda!!! Não deu uns 10 minutos e esse troço entrou inteiro no cu dela”, me diz ela. Volto a olhar pra sala e Jorge tinha gozado, acredito eu porque seu pau estava mole, apesar de nenhum vestígio de porra.

Marta e Stephanie estão se beijando. Uns 15,20 minutos depois ... elas se levantam a vão para dentro do apartamento. Peço desculpas a Marcele se a machuquei, ela diz que tranquilo, apesar de homossexual há tempos, foi de poucos homens e sonhava desde menino em fuder com uma jeba assim. Do quarto ouvimos gemidos, Sara vai até lá ... 15 minutos depois, vem até mim e diz que Stephanie está no quarto à espera da fila e que Marta já está fudendo ela (acha até que apaixonou ... rs).

Vamos todo até a suíte de Marta e Stephanie está lá em frango assado sendo chupada com INTEIROS 21CM CRAVADOS em sua bunda ... entre gemidos, ela diz “quero todos, se preparem, ai ... caralho, me abre”. Sara se agacha para me chupar e Marcele à Jorge ... rolas duras, Sara passa a chupar Marcele, me masturbo com a calma do carrasco.

Marta fode, fode, soca o consolo que já entra facilmente em Stephanie ... ela atura até que Marta aos berros de vadia, vagabunda, desgraçada, eu não aguento mais (cansada de socar) tira o consolo da bunda de Stephanie ... um ponto vermelho, aberto é rapidamente preenchido por Marcele (uma piroca fina e longa, cumprida como uma cobra) que de ladinho e com toda a raiva com que foi fudida retribui Stephanie lhe estapeando a cara, cuspindo nela com o despudor de quem não queria lhe comer mas que precisava satisfazer a lasciva do corpo.

Marcele soca, soca, aos gemidos e gritos de Stephanie de me fode sua bicha, me fode viado!!! Marcele não resiste, não é borracha e goza sua aguinha de traveca, sendo substituída por Jorge quem nem consegue mudar a posição e que nem deveria contar ... Stephanie acaba com ele como um gigante que mastiga a fruta e cospe o caroço.

Aponto para Sara, ela sorri ... puxa Stephanie pelo cabelo, cuspindo em sua cara para lhe estapear com uma força de homem ... sou resto logo fica vermelho. Stephanie saliva, baba como quem goza pela boca ...

Sara a manda virar de quatro .... Stephanie arregaça a bunda, empinando-a.

Sara soca aquele mastro grosso, cabeçudo, grande, colossal em sua bunda por pelo menos 25 minutos em que todos assistem incrédulos!!! Do choro inicial entrelaçado com Meu Deus como arde, o passar de meio mastro de borracha é trocado por um quicar jogando a bunda para o alto fazendo com que apenas o saco de borracha fique aparente ... Sara mete, força como quem quisesse fazer ela pedir pra parar, soca, soca.

Stephanie urra, geme, chora, se masturba ... Jorge pisa em sua cara em que ela lambe seus dedos, seu dedão ... devassa.

Sara diminui a velocidade ... exprime em minha direção um olhar de espanto, um olhar de cansada, seus braços não aguentam mais o ir e vir. Marta se masturba, Marcele tem um olhar perdido como quem queria ser ela, Jorge acaricia Sara que dá a última estocada, largando o consolo dentro do rabo de Stephanie, morta de cansaço.

Resta eu ...

Stephanie cai sobre a cama o consolo pula para fora de sua bundinha. A D O R O A N A L D E B R U Ç O S. Pulo sobre Stephanie e mordo sua orelha para lhe dizer que ainda resta um!

Perco o controle ... não sinto seu cu, não sinto sua bunda, não sinto nada. Stephanie está dilacerada ... meu saco bate em sua bunda, pressiono suas costas com minhas mãos na altura do pulmão, forçando seu tórax de encontro a cama, ela solta grunhidos, respira com dificuldades pela pressão que exerço, soco, fodo, cuspindo sem para em sua cara, saliva, baba ... me canso de fazer força, me deito sobre ela ... “eu sou foda! eu sou foda! eu sou foda!” diz ela gemendo, não sinto nada, apenas percebo o molhado da camisinha ... gozei.

Todos estão ao redor de Stephanie ... olhares de respeito.

Mas ela é uma vagabunda, nasceu para ser vagabunda, vadia ... e gosta e se reconhece como ela é ... alguns minutos se passam e aquela vontade de mijar vem. Puxo-a pelo cabelo até o banheiro, jogando-a no box. Da porta, digo aos outros, venham dar-lhe banho. Sem entender o motivo, principalmente Marta e Marcele, eles veem à porta e se deparam com meu mijar sobre Stephanie.

Os olhos de Marta brilham ... Marcele faz cara feia e volta. Todos afora ela, mijam sobre Stephanie que aos risos espalha sobre seu corpo, rosto ...

R$ 2.500,00 pagos 5 horas depois de sua chegada com outros mimos de presente ... Stephanie nos deixa, fazendo no ambiente um silêncio sepulcral e a certeza de que Sodoma e Gomorra são a origem de vidas passadas desse demônio do sexo, da luxuria, do prazer, da perversão personificados neste corpo jovem , pequeno, esguio.



4 COMENTÁRIOS

 
Registrado em: 10 Jan 2016, 12:11
Última Visita: 18 Nov 2017, 02:23
Preferência: Acompanhantes


 Mensagens: 24
 Comentários: 28
 Total Geral: 52
   
 TDs Total: 8
 TDs Positivo: 8
 TDs Neutro: 0
 TDs Negativo: 0
 Ranking Geral:  949
 Leia meus TDs

Reputação: 49

Curti: 0 Post

Curtidas Recebidas: 41 Posts


Voltar para TDs CASAIS & FETICHES



MEMBROS ON LINE:

USUÁRIOS NAVEGANDO NESTE FÓRUM: Nenhum usuário registrado E 1 VISITANTE

X

Reputation System ©'